terça-feira, 11 de abril de 2017

Sinspmar vai entrar na justiça por direito à reposição da inflação para servidores

Em reunião com a diretoria do sindicato, prefeito afirma que não tem como atender à proposta deliberada pelo funcionalismo; Sinspmar vai participar do movimento de greve geral do dia 28 de abril 


Em assembleia realizada na tarde desta terça-feira, 11 de abril, no salão de festas do Posto Texaco, no Centro, os servidores ouviram novamente da prefeitura que não há possibilidade de o governo oferecer qualquer tipo de reajuste salarial à categoria. A afirmação foi feita pelo próprio prefeito da cidade, Fernando Jordão, em reunião no Teatro Municipal, na parte da manhã.

Ao transmitir o posicionamento oficial da prefeitura ao funcionalismo, a diretoria do Sinspmar colocou em votação a proposta de entrar na justiça pela reposição da inflação, que é direito do servidor. A assembleia deliberou pela ação, que será efetuada pelo corpo jurídico do sindicato. Na assembleia passada, os servidores aprovaram o reajuste salarial de 7% para a categoria, além de aumento no Verocard e abono para os inativos seguindo o mesmo percentual do cartão alimentação.

Os diretores do Sinspmar abriram a assembleia falando sobre a reunião na parte da manhã com o prefeito, secretários, a diretoria do sindicato e o jurídico da entidade. Fernando Jordão afirmou ao presidente do sindicato, Siderley Marques, e a vice, Andréia Campos, que nesse período não tem qualquer condição de acatar a proposta deliberada pelo funcionalismo.

Após o resumo da diretoria do Sinspmar, os servidores tiveram espaço para explanar suas críticas, sugestões e propostas. Em seguida, os diretores colocaram em votação as propostas sugeridas. A assembleia deliberou pela judicialização da reposição inflacionária de 4, 94% e aumento do Verocard com abono para os inativos seguindo o mesmo percentual do cartão, entendendo que é um direito inalienável do servidor.

Sinspmar vai participar da greve geral

Após a deliberação pela ação judicial para a reposição da inflação, os diretores do Sinspmar falaram sobre o movimento nacional de greve geral do dia 28 de abril, sexta-feira, que também contará com a participação dos sindicatos do município, na intenção de protestar contra as reformas trabalhista e previdenciária – além das terceirizações.

Na cidade, o movimento está sendo organizado pela Frente Ampla Sindical de Angra dos Reis. O protesto será realizado no dia 28, às 12h, a partir da Praça da Matriz – concentração. A frente também disponibilizará ônibus para levar os trabalhadores ao protesto no Rio de Janeiro. O Sinspmar colocou a proposta de participação dos servidores no movimento em votação e a assembleia deliberou positivamente pela presença do funcionalismo no protesto. Na reunião de hoje cedo, o Sinspmar também explicou ao prefeito sobre a importância da participação dos servidores no movimento do dia 28, pedindo a ele que abone a falta daqueles que querem fazer parte do protesto. O prefeito não respondeu de imediato, mas disse que vai analisar a questão.






Nenhum comentário:

Postar um comentário