quarta-feira, 30 de novembro de 2011

SINSPMAR ENTRA NA NEGOCIAÇÃO ENTRE EXECUTIVO E SERVIDORES DE MENDES

Nesta quarta, 30, o vice-presidente do SINSPMAR, Arlindo Lacerda, esteve em Mendes para fortalecer a luta dos servidores municipais pela garantia de seus direitos trabalhistas. O executivo local está em dívida com o triênio, auxílio transporte, o auxílio alimentação e os adicionais de insalubridade e periculosidade.

Arlindo sentou na mesa de negociação com o prefeito afim de conscientizá-lo da necessidade de valorização do servidor para o bom funcionamento dos serviços públicos. "O servidor é que move a máquina da administração pública" alertou ele, que também representou a Federação Intermunicipal dos Servidores Públicos do Estado do Rio (FISSERP).

Ao lado do presidente do sindicato dos servidores de Mendes, Valdeli Braga, o representante do SINSPMAR acompanhou toda a manifestação da categoria, com faixas, nariz de palhaço e apitos. Entre os presentes, a maioria dos motoristas, funcionários das creches e servidores da saúde. Nesta quarta, houve caminhada entre a prefeitura e a câmara, mobilizando quase 200 pessoas.

Diante do protesto, a categoria conseguiu convencer o prefeito a diminuir a carga horária do pessoal de apoio de 8 para 6 horas, além da equiparação do recesso dos professores com as auxiliares da educação, garantia de auxílio-transporte até Março, com possibilidade de vir acompanhado de auxílio-alimentação; e para fechar, contratação de uma empresa para avaliar os adicionais de periculosidade e insalubridade de cada servidor, tendo esta a incumbência de ver como pode ser feito o Plano de Cargos dos servidores (PCCR).

Nenhum comentário:

Postar um comentário